Amarelas Bahia - Seu Guia Comercial Online

NOTÍCIAS
voltar

Comerciantes sofrem prejuízos após alterações no trânsito da Getúlio Vargas


A Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) vem realizando algumas mudanças no trânsito de Feira de Santana, em decorrência das obras do BRT. Por conta disso, alguns comerciantes estão se sentindo prejudicados, a exemplo do proprietário de uma rede de panificadoras da cidade, Heraldo Souza.

De acordo com o empresário, em frente a uma de suas lojas, que fica na Avenida Getúlio Vargas, na esquina com a Rua Frei Aureliano, foi colocada uma sinaleira, que, segundo ele, prejudicou as vendas. Heraldo Souza conta também que, além da sinaleira, foi colocada uma faixa de pedestres onde há três vagas de estacionamento em frente ao estabelecimento, o que piorou ainda mais o movimento.

“Não podemos quebrar por causa de determinadas decisões. Com a implantação da sinaleira na porta da minha empresa caíram 30% nas minhas vendas e no momento em que as coisas já não estão boas, a gente vem queimando a gordura no comércio de um modo geral. Eu acabei de fazer um investimento alto na minha empresa buscando vencer esse obstáculo da crise e esse semáforo está prejudicando o movimento. E já está sendo implantado outro em frente à loja da Avenida Maria Quitéria. Eu estou sem saber o que fazer”, desabafou o comerciante.

Por causa do impacto nas vendas, o empresário já analisa a possibilidade de demitir funcionários. “A gente vai analisar esse primeiro momento e com certeza vai haver demissões e agravar o emprego em nossa cidade. A prefeitura colocou a minha empresa em risco. Já procurei Francisco Júnior e ele disse que ia verificar”, afirmou, acrescentando que comerciantes vizinhos a ele também foram afetados.

A comerciante Regina Amaral, proprietária de um frigorífico, confirma que o prejuízo é grande, pois os clientes não podem mais estacionar em determinados locais da avenida, inclusive em frente ao estabelecimento dela, e muitos já foram multados. “Nós vamos fazer uma reunião para vermos o que podemos fazer”, declarou.

As informações e fotos são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Fonte: Acorda Cidade